RC Criativa

A Liga dos Campeões é a maior e melhor competição de clubes do mundo, portanto um jogo decisivo entre Real Madrid e Bayern de Munique não poderia ser apenas “um jogo”. E não foi. Nesta terça-feira, no Santiago Bernabéu, aconteceu de tudo. Muitos gols, polêmica de arbitragem, virada, classificação história e show de Cristiano Ronaldo. O craque português fez três gols, alcançou a marca de 101 no torneio, e ajudou o time espanhol a vencer por 4 a 2 na prorrogação, garantindo vaga na semifinal da Liga. O adversário será conhecido no sorteio da próxima sexta-feira. Asensio marcou o outro para os galácticos, enquanto Lewandowski e Sergio Ramos, contra, balançaram as redes para o time alemão.

PRIMEIRO TEMPO

O Bayern de Munique entrou em campo com uma pressão muito grande por ter perdido o primeiro jogo em casa por 2 a 1. Era preciso sair para o ataque, fazer gols e não correr muitos riscos na defesa. Experiente e vencedor por onde passou, o técnico Carlo Ancelotti armou um esquema inteligente, com Robben e Ribéry usando a velocidade pelos lados do campo, e Lewandowski como referência na área. Xabi Alonso, Thiago Alcântara e Vidal trabalharam bem a bola no meio de campo. Além das linhas avançadas na marcação. Foram boas chances, mas nenhum gol. O Real esperou muito o rival, arriscou nos contra-ataques, e jogou com a vantagem.

SEGUNDO TEMPO

Emoção, gols e polêmicas. O Bayern definitivamente foi para o ataque, avançou ainda mais suas linhas de marcação, pressionou a saída de bola do Real e jogou todas suas fichas. A tática começou a dar certo quando Casemiro derrubou Robben na área: pênalti. Lewandowski abriu o placar. A partida seguiu em ritmo intenso, e o time galáctico conseguiu o empate quando Casemiro deu lindo passe para Cristiano Ronaldo meter a cabeça na bola e deixar tudo igual. Mas não deu nem tempo para a comemoração, pois Sergio Ramos veio na corrida, não conseguiu cortar um ataque do Bayern e fez contra. Poucos minutos depois, Vidal disputou com Asensio, acertou a bola o e árbitro apitou falta. Ainda aplicou o cartão no chileno, que já tinha o amarelo. Resultado: acabou expulso.

PRORROGAÇÃO

Com um homem a mais, o Real Madrid desta vez não perdeu tempo e logo buscou o ataque para empatar a partida. Aí vem a segunda grande polêmica da partida. Cristiano Ronaldo recebe ótimo passe de Sergio Ramos, domina em impedimento, bate e deixa tudo igual. O gol foi um balde de água fria no time alemão, que não tinha mais forças para reagir. Então, os galácticos deitaram e rolaram. Em uma jogada fantásticas, Marcelo passou no meio da zaga adversária e apenas rolou para CR7 fazer mais um. No fim, Asensio recuperou uma bola no campo de defesa, avançou, se livrou da marcação e fechou a conta.

 

Oque você acha disso?