RC Panfletos

Levantamento sobre a geração de empregos no primeiro trimestre de 2017 mostra que Birigui tem um saldo positivo de 2.120 postos de trabalho gerados

Levantamento divulgado nesta quinta-feira, dia 20 de abril, pelo Observatório de Inteligência Econômica, projeto da Prefeitura de Birigui, por meio da Sedecti (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), aponta Birigui em segundo lugar no ranking do Estado de São Paulo de municípios que acumulam saldo positivo na geração de empregos.

Segundo o diretor de Desenvolvimento Industrial, Ciência, Tecnologia e Inovação, economista e professor Marco Aurélio Barbosa de Souza, os dados oficiais são do Ministério do Trabalho e Emprego e o levantamento sobre a geração de empregos no primeiro trimestre de 2017 mostra que Birigui tem um saldo positivo de 2.120 postos de trabalho gerados. Em primeiro lugar aparece o município de Franca.

“No Observatório de Inteligência Econômica realizamos estudos e pesquisas econômicas para acompanhar a evolução dos indicadores econômicos da cidade de Birigui, além de acompanhar projetos e temas de interesse do município”, disse o diretor.

Marco Aurélio afirma que o aumento da empregabilidade acompanha o movimento da retomada da economia nacional. “Um dos destaques destes resultados se deve à indústria de transformação, que está em constante crescimento em nossa cidade”, frisou.

“Foi um pedido do prefeito Cristiano Salmeirão fazer um monitoramento mensal do emprego e de outros dados econômicos da cidade. O Observatório visa produzir e disseminar informações aos agentes econômicos locais para fomentar o desenvolvimento econômico local”, completou o diretor da Sedecti.

Dados divulgados no último dia 16 de março, também pelo Ministério do Trabalho e Emprego, apontou crescimento de 133% na geração de empregos formais em Birigui nos meses de janeiro de fevereiro deste ano. Foram gerados 1.865 postos de trabalho, ante 799 no mesmo período do ano passado.

Oque você acha disso?